questões relevantes

espaço para debate de ideias sobre a cultura e a civilização

A NARRATIVA DO GOLPE OU: COMO VENDER UMA FRAUDE.

cara-pau-dest

Os fatos deveriam ser o único fator considerado em um trabalho jornalístico e deveriam ter o mesmo peso nas opiniões que emanam da academia.

No jornalismo, tal necessidade, embora óbvia, é frequentemente trocada pela preguiça de verificar os fatos, alinhamentos ideológicos e acertos comerciais.

Nas universidades brasileiras a situação tem se mostrado ainda mais grave, principalmente na área de humanas. Professores, mais ainda quando se manifestam em bloco, usam a força das instituições em que trabalham e fazem crer que falam em nome delas. Dão peso e respeitabilidade ao assunto. Quando fazem isto fraudando os fatos, o prejuízo é enorme, para eles e para nós.

Foi exatamente assim que nasceu a narrativa de que o impeachment de Dilma foi um golpe. Quem analisar direitinho o desenvolvimento desta teoria da conspiração vai perceber que trata-se de uma aula de como vender uma fraude.

Nestas terras macunaímicas há quem veja isto como esperteza. É o tal dos fins que justificam os meios. Mas acredite: é o fim da picada.

Alguém poderá dizer que os principais jornais do mundo já disseram ou insinuaram ser golpe. É verdade. Mas quem são as fontes destes jornais?

Pense um pouco. Nos EUA ou na Europa um professor que minta deliberadamente estará liquidado em sua carreira acadêmica. Será demitido. Não terá mais qualquer espaço. Logo, para eles é praticamente impossível acreditar que tantos professores brasileiros estejam mentindo juntos, em bloco.

Assim, a narrativa do golpe é passada adiante como “verdade” e amplificada pela mídia, em alguns casos com a ajuda de jornalistas internacionais, alinhados à esquerda, como neste exemplo relatado em editorial pelo Estadão: um jornalista usou uma rotineira entrevista do porta-­voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Mark Toner, para tentar induzir a Casa Branca a reconhecer que houve um “golpe” no Brasil e que a democracia no País foi arruinada. Na entrevista, dia 24 passado, o jornalista, não identificado, mencionou os diálogos entre o então ministro do Planejamento, Romero Jucá, e o ex­-presidente da Transpetro Sergio Machado – a quem o repórter chamou de “ex-­magnata do petróleo” –, sugerindo ter havido ali um arranjo para derrubar Dilma. Então o repórter perguntou: “À luz dessas revelações, não seria hora de começar a considerar que o que aconteceu no Brasil pode ter sido um golpe brando?” 

O porta-­voz Mark Toner respondeu que, para o governo americano, conforme já manifestado “várias vezes”, o processo democrático brasileiro e suas instituições “são estáveis o bastante e fortes o suficiente”, razão pela qual o País “é capaz de superar sua crise política”. Em seguida, para encerrar a conversa, disse: “Desse ponto em diante, não falarei sobre a política interna do Brasil”. O verdadeiro papel daquele jornalista ficou explícito: não se tratava de fazer uma entrevista, mas sim de provocar um constrangimento. Disse o repórter: “Bom, isso é interessante. O novo governo acabou com todas as investigações anticorrupção contra os políticos que a ele haviam aderido” – algo que simplesmente não é verdade. E ele desatou a fazer um discurso como se estivesse numa assembleia estudantil: “Eles começaram a vender bens estatais, estão falando em mudar a política externa brasileira e formaram um Ministério inteiramente masculino, feito de gente ligada ao mercado e à indústria, gente que era hostil a uma porção de prioridades do governo anterior, e nada disso foi feito com o voto popular. O povo não teve nenhuma palavra nisso. Houve mesmo um processo democrático? Os Estados Unidos consideram aquilo um processo democrático?” 

Ele não estava, evidentemente, questionando o porta-voz Mark Toner, mas pautando os colegas. Talvez tenha ganho o dia. Talvez tenha feito outros jornalistas perseguirem esta mentira, mas em algum momento ficará clara a monumental fraude desta tese.

E quando isto acontecer? Nenhum dos professores vigaristas que assinou listas e manifestos com esta tese será importunado ou demitido, claro, já que gozam de imensa estabilidade. Então, neste momento, o mundo olhará com desdém para nossas universidades e nosso país e daremos um salto de 53 anos para trás, pois fatalmente alguém lembrará a famosa frase de Carlos Alves de Souza Filho diplomata brasileiro, erroneamente atribuída a Charles de Gaulle: “O Brasil não é uma país sério”.

 

PS depois de alguns dos debates da área de comentários: Quem desejar se aprofundar no assunto e entender a fundamentação legal do impeachment, o link abaixo leva ao pedido de impeachment aceito pela câmara e avaliado no senado. O principal está nas páginas 15 a 30:http://www.zerohora.com.br/pdf/17802008.pdf

Artigo de Paulo Falcão.

 

 

Anúncios

42 comentários em “A NARRATIVA DO GOLPE OU: COMO VENDER UMA FRAUDE.

  1. Valk Fons
    07/24/2016

    O link para a atuação do jornalista esta aqui, nos minutos 41:14 ate 42:56.
    http://goo.gl/x5MysH

    • Questões Relevantes
      07/24/2016

      Obrigado pela contribuição. Nada como matar a cobra e mostrar o pau.

  2. Ivan
    06/29/2016

    Vou instituir o troféu ‘SACO DE OURO”. E o deste ano é teu!! Caraca!! Como você aguenta tanto idiota????

    • Questões Relevantes
      06/29/2016

      Realmente, com muita paciência.

  3. Rogerio Bastos
    06/05/2016

    O Merval Pereira e o senador Cristóvam Buarque concordam com você.

    Merval: http://zip.net/bbtl9Y

    Cristóvam: http://zip.net/bgtl6G

  4. Pingback: A “NARRATIVA DO GOLPE” TEM O MESMO DNA DO “ESCÂNDALO DOS ALOPRADOS”? | questões relevantes

  5. Pingback: A TESE DO GOLPE NÃO RESISTE AOS FATOS. | questões relevantes

  6. Graça Guimaraes
    06/04/2016

    O desgoverno do PT causou desordem nas contas públicas, no Sistema Único de Saúde-SUS, na taxa de desemprego, na taxa de inflação, na segurança pública, na área de energia, quase destruindo a Petrobras e a Eletrobrás, na educação, sucateando as universidades federais e as pesquisas científicas! Colocou a economia em recessão, com as estatísticas econômicas voltando a 30 anos atrás; e levando a que o Brasil fosse rebaixado inúmeras vezes pelas agências de risco, causando a fuga de investimentos no país!

    O Brasil não aguenta mais tanta falta de compromisso com as contas nacionais! Técnicos do TCU estão dizendo que o pagamento das pedaladas de 2015 foi pago com novas pedaladas, usaram dinheiro que nao podia.

    Vai ser difícil retomar os trilhos, mas o povo que saiu nas manifestações desde 2013, e que protagonizou o Impeachment, está alerta e participante como cidadãos plenos!!!

    Esses criminosos e incompetentes não podem continuar com essa falácia de golpe!!

    • Questões Relevantes
      06/04/2016

      Graça, infelizmente boa parte da esquerda não consegue enxergar a relação de causa e efeito que existe entre a prática da irresponsabilidade fiscal e o desarranjo da economia, com desemprego, recessão e inflação.

      Observando a História, concluí que nem é por maldade, é só incompetência mesmo.

  7. Fabio
    06/02/2016

    Paulo precisamos de reformas politicas urgentes, não sei por onde começar, pois dependemos de uma classe politica que vive em outro planeta, sugando todas as nossas energias, sonhos e esperanças.

    • Questões Relevantes
      06/02/2016

      Fabio, concordo, mas temos que seguir os tramites previstos na constituição. Certamente a pressão popular pacífica é uma das armas.

      • Paulo, sei que você é da “direita”, já demonstrou muitas vezes, mas isto não o desqualifica, é um direito. Mas não venha com esta tentativa de dizer que não houve golpe. Aí é me desqualificar. É me chamar de idiota.
        Quem defende o que foi tramado, para mim, só tem 3 qualificações: É desonesto ou manipulado ou é masoquista. Desonesto eu acho que não é. Mesmo sem o conhecer, deduzo pelos seus escritos. Então só sobra as outras duas: Manipulado (no sentido de inconscientemente) e masoquista. Deixo à seu encargo a escolha do adjetivo quer acha mais verdadeiro. Desculpe, nem vou comentar o escrito.

      • Questões Relevantes
        06/04/2016

        Francisco, enquanto as palavras não mudarem de sentido, não foi golpe. É preciso torturar as palavras para que elas confessem algo que dê substância a esta tese.

        Há fatos de sobra para justificar pedidos de impeachment. A desobediência à lei de responsabilidade fiscal é o mais explícito e concreto. Há condenação unânime do TCU. Este fato está consignado logo na abertura do pedido elaborado pelos advogados Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, Miguel Reale Junior, ex-ministro do governo FHC, e Janaína Conceição Paschoal. (a íntegra pode ser lida aqui, http://www.zerohora.com.br/pdf/17802008.pdf).

  8. Bruno De Brito Pierot
    06/02/2016

    Como é hipócrita esse texto ,” antes de apontar o cisco no olho do outro tira a trave do teu olho”., discurso senso comun, ataca uma ideologia para vender outra, é como chegar em uma feirinha de vendedores de peixe onde um diz que a pesca do outro foi ilegal, mais com o objetivo de vender o seu dizendo ser de qualidade obstante fétido por dentro , todavia não mostra se quer a confiabilidade de seu produto, base científica 0%, imparcialidade 0%, contaminação ideológica 100%.
    Qual a epistemologia que esse texto tem? Talvez verdades reveladas por iluminação divina só pode. Quem escreveu esse texto, como autodidata das ciências humanas e sociais é um ótimo farsante , um orador de Repulbliqueta .
    É uma pena que vender um texto desses no Brasil é muito fácil já que como a própria Unesco levanta que a maioria da população até mesmo dentro do mundo académico é analfabeta funcional, deficiência do nosso sistema educacional e cultural , é muita irresponsabilidade escrever um texto como esses, só no Brasil mesmo charlatães tem admiradores , sofistas em pleno século XXI .
    Galera vamos adquirir conhecimento antes de virar críticos , falacioso levianos, ignorânte , e cientistas políticos de botequim , e só uma dica “informação é diferente de conhecimento”. Mário Sérgio Cortella.
    Abraços

    • Questões Relevantes
      06/02/2016

      Bruno, Dilma descumpriu o Art. 85. da constituição de 1988 e cometeu crime de responsabilidade ao não respeitar o inciso VI, exatamente a lei orçamentária.

      Já no artigo 86 lemos: “Admitida a acusação contra o Presidente da República, por dois terços da Câmara dos Deputados, será ele submetido a julgamento perante o Supremo Tribunal Federal, nas infrações penais comuns, OU PERANTE O SENADO FEDERAL, NOS CRIMES DE RESPONSABILIDADE.

      Em um artigo de setembro de 2015 eu já dizia que tínhamos opiniões respeitáveis dizendo que havia e que não havia razões para um impeachment de Dilma. A lei é interpretativa e sua aplicação, neste caso, eminentemente política.

      O caso é semelhante ao de Collor: existia e existe fato legal que legitima o impeachment, fatos que em ambos os casos teriam sido perdoados se o país não estivesse entregue ao caos político e econômico.

      Os ritos constitucionais foram seguidos e, sem paixões, há que se reconhecer que não houve golpe com Collor e não há golpe agora. Aliás, este é também o entendimento do STF nas deliberações feitas até o momento.

      • Bruno De Brito Pierot
        06/03/2016

        “Quem é de verdade sabe quem é de mentira “.
        Você entendeu a crítica feita a página muito bem, se faz de louco citando legislação, não estou entrando em defesa de partido alguma , um professor meu Dr. em ciências políticas pela universidade fluminense ,Rj, nota 7 estrelas instituição renomada na América em geral, o cara tem gabarito pra falar sobre política científica, aponta que o processo está sim na constituição isso é fato não discordo. Entretanto procure todos os presidentes que utilizaram pedaladas fiscais e cometeram crime de responsabilidade e quantos foram julgados? Ou até investigados? Ou você acha que FHC foi limpinho na economia? Sobre o juramento político de “Dilmãe”, veja uma entrevista do Sr Eduardo Cunha em Abril de 2015 no programa “Roda vida”, antes de ser intimado e depois de ser réu, mudou seu posicionamento por interesse, “Cunha era contra o processo, até ser prejudicado pela liberdade que a polícia federal teve para investigar, durante o governo da péssima gestão de Dilma ”
        Sem paixões o processo tá de onda mesmo? O amor é pela família deles mesmos e por acordos políticos, uma das cegueiras dessa página o objetivo é atacar partidos específicos e vender, charlatanice académica em benefícios de outros ! E catalisar toda a energia há um partido e usando como bode expiatório , como se um único partido fosse culpado pelas crises de uma “República Federativa “, eu nunca vi tirar alguém que realmente não sabe administrar um pais corrupto por cultura desde a colonização, que não soube manter diálogo com criminosos e manteve-se no poder, a corrupção atravessar todas a classes sociais, Michael Foucault aponta que a própria classe baixa está empregada pela corrupção em “microfisica do poder”, um dos maiores Historiadores brasileiros Sérgio Buarque de Holanda, com muitas pesquisas científicas, escreveu “Raízes do Brasil” ,e mostra essa mentalidade da formação do povo brasileiro nas entranhas da corrupção luso brasileira, sem falar na obra de Ronaldo Vainfas, no encalços da vida privada no Brasil , a formação do nepotismo Brasileiro, como trocar cascalho por excrementos, outra corja de bandidos, vantagem apenas prós nossos patrões corporativistas e monopolizadores da económica? Achar que foi progresso para República? Entenda uma coisa não foi as marchas do dia 13 que derrubou Dilma, foi os interesses políticos e empresariais a satisfação de uma classe rica legitimada por uma classe média que tem ódio , por que sonha com os troféus das elites, e acredita com fé na “meritocrática ” meritocracia, que mais está para quem é amigo do patrão tem mais vantagens, nós o povo nada somos, democracia? Será? Não pense que esse discurso é só da Marilena Chaui, Clóvis de Barros filho, Leandro Karnal e Mário Sérgio Cortella , intelectuais do mais alto expoentes nacionais apontam isso, e é uma pena pois você não poderá os causar de ser marxistas. A mãe do neoliberalismo chamado FMI a cúpula dos 7 países que mandam no mercado e ditam as regras do jogo, quem tenta saír disso é denominado “comunista” pejorativamente, abane a cabeça. A minha crítica é que não vejo nessa pagina e legitimidade intelectual para debater questões políticas, fazem críticas muito fora do campo de conhecimento onde pra debater questões desse tipo deve se ter muito estudo , coloquem uma coisa na mente de vocês que não são da área das humanidades, existem teoria no campo, sem conhecimento dessa teoria não se tem como compreender qualquer processo político social de forma científica, vocês apenas estão disseminando senso comun, ideológico, não compreendem em nada teoria de discurso, Michael de certeau só pra começar , a epistemologia da educação do Brasil é praticamente ocidental, pouca identidade tem nacional , a influência é europeia e americana, sem falar das influências orientais e africanas , como podem ser generalista , “comunismo”, no mínimo pegam o significado no Google, lhe digo uma coisa jamais vão compreender se não pegarem livros de teóricos especialistas na área, que sentaram a bunda em uma cadeira e passaram mais de 30 anos estudando, mais estudar é pros humildes, preferem pegar “artigos” pífias egocêntricos e sem legitimidade para discussão , senso comun.
        E outra coisa o Direito Brasileiro é uma legislação para o estado, são regras criadas pelas elites, por isso mesmo manobras são absolutamente banais para os que detém poder, no Brasil é mais fácil um pobre roubar um pão e ir pra cadeia, ou um ministro desviar milhões e ser preso?
        As discussães estão além do direito, se discutido apenas com ele ficasse limitado e o estado terá sempre razão, nem sempre o direito é ético.
        Uma pergunta sem pesquisar no Google por favor, qual a diferença entre, marxista, marxòlogo e marxiliano?

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Bruno, o que dizer deste amontoado de bobagens que tentam impressionar citando autores diversos? Apenas que você não entendeu o que leu.

        Juntou diversas frases e conceitos tentando desqualificar os argumentos apresentados no artigo e justificar a falta de vergonha na cara de quem patrocina esta tese do golpe.

        Aliás, em um artigo de dezembro de 2015 digo:
        “É fato que Eduardo Cunha estava engavetando os pedidos para barganhar com o governo e agora os desengavetou por vingança.

        Mas me respondam: quando Cunha engaveta é legítimo e quando desengaveta é ilegítimo?
        Não se trata da mesma pessoa?

        Ser contra ou a favor de seu ato deve influir no juízo de valor de intelectuais?

        Tem gente que deveria ter vergonha de dizer que é professor. Dá aquele sentimento de vergonha alheia imaginar que este é o nível intelectual e ético da ABCP.

        Que fique claro: ninguém defende Eduardo Cunha. Ele certamente vai cair, e logo. Merecidamente. Mas suas motivações não podem ser atenuantes para os fatos e há fatos de sobra para justificar pedidos de impeachment.
        A desobediência à lei de responsabilidade fiscal é o mais explícito e concreto. Há condenação unânime do TCU. Este fato está consignado logo na abertura do pedido elaborado pelos advogados Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, Miguel Reale Junior, ex-ministro do governo FHC, e Janaína Conceição Paschoal. (a íntegra pode ser lida aqui, http://www.zerohora.com.br/pdf/17802008.pdf).

        É lícito argumentar contra e a favor do impeachment, mas um mínimo de racionalidade precisa estar presente. E de honestidade intelectual também”.

        Quanto a seu enigma final, deixo aqui uma sugestão de leitura: A PROVA DE QUE A DIREITA TEM CORAÇÃO. http://wp.me/p4alqY-kz

      • Bruno De Brito Pierot
        06/03/2016

        Kkkkkkk faz me rir, tem que estudar mais pra compreender as bobagens ” Nietzsche dizia que a sabedoria de um homem se calculava pelo senso de humor”, meu discurso é dentro do campo das ciências sociais e humanas, outores consagrados no mundo inteiro, eternizados na história, se você tiver derrubado ou inventado outros saberes científicos esqueceu-se de divulgar no meio académico e de provar também ? referências por favor dos artigos? Dentro das normas da ABNT , por que o discurso sempre termina em PT? Se a discussão não é partido político, notícias de fontes duvidosas? desonestidade intelectual é querer ser científico sem estudar ou ter o respeito a epistemologia do saber , Me diga as suas fontes? Que eu quero ver ,referências ,de preferência científica? De profissionais da área.
        Não precisa nem responder a pergunta , o silêncio é uma resposta.
        Por favor referências, cientificidade meu caro.
        Obs: tenho mais oque lê, por exemplo um livro do Nobert Elias, “processo civilizador “, eu indico ,vai dar cientificidade aos seus textos. Kkk

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Bruno, minhas fontes são as chamadas fontes primárias, ou seja, o pedido de impeachment aprovado na câmara e no senado, a condenação unânime do TCU às contas de Dilma e as reiteradas negativas do STF aos pedidos estapafúrdios de PT tentando vender esta tese do golpe.

        E as suas fontes, quais são?

        Ora, são justamente a “narrativa do golpe”, a ladainha, as mentiras em série. Onde você enumerou nomes e conceitos vagos, eu enumerei fatos. Simples assim.

      • Bruno De Brito Pierot
        06/03/2016

        Opa, tocou em uma assunto muito legal , adoro, fechei a disciplina com média 9,75 introdução aos estudos Históricos, descupe estou sendo arogante, entretanto, fontes , mais oque são fontes ? Fontes primárias podem estar contaminadas sim amiguinho, as fontes primarias são fontes escritas correto? Mais por quem são escritas? Com qual objetivo foi escrita?
        Entenda uma coisa “Todo discurso é ideológico, a diferença é você saber qual seu tipo de discurso e sua ideologia.” Paulo Freire.
        Eu confio demais na nossas instituições e na seriedade do STF, do Congresso nacional e câmara dos deputados todos éticos e sem nenhum processo ou investigação, e o jugamento foi totalmente imparcial, acertou legal ,que reflexão.
        É justamente o motivo porque você precisa ler livros de especialistas como já citei Michael Focault ” arqueologia do saber” Michael de Certau ” A escrita da história ” sem falar em uma coisa chamada teoria da História, a famosa, e dominar a Historiografia, essa é a fonte do meu saber, o discurso mais poderoso da academia ciêntifica, já que a HISTÓRIA é interdisciplinar graças a escola dos Analles, um salve para meu amigo Marc Bloch e Lucien Febvre, minhas fontes se chamam livros científicos, mais uma vez repito, não estou falando do PT, quanta insistência, aliás o positivismo ficou no Séc XIX quando as fontes primarias eram levadas como “verdades históricas, não sei por que estou discutindo com alguém que pensa que existe uma ” pseudo democracia burguesa” sinceramente cadê a epistemologia desses artigos .kkkkkkkkkkk

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Bruno, o blog tem diversos artigos que são transcrições de debates e neles há uma característica comum: toda vez que um “intelectual” está apanhando, está nas cordas, saca lá o currículo e joga na minha cara como se fosse uma poção mágica de videogame que o livrasse do vexame.

        É praticamente uma confissão de desespero. Um deles diz textualmente a seguinte frase: “Eu conheço a Dialética. E acho que conheço um pouco de ética. Não é discurso de autoridade. Mas nas disciplinas de ética I e ética II no curso de Filosofia fiquei somente com 97 e 98 pontos em 100”.

        Reconheceu a semelhança?

        Se desejar conhecer seus companheiros de infortúnio, posso enviar os links.

        Mas voltemos a seu comentário “erudito”. Vivemos em uma sociedade que se organiza em torno de um sistema legal e de tensões ideológicas que possibilitou a eleição legítima de Lula e Dilma. É o mesmo sistema que Dilma desrespeitou e a coloca na posição de poder sofrer um processo de impeachment legal.

        Sua tentativa de relativizar as leis, sua dialética de botequim, é apenas enrolação. A coisa piora quando tenta impressionar citando autores e obras.

        Tão importante quanto ler, quanto estudar, é aprender a pensar. E você ainda não aprendeu. Ainda não consegue manejar bem a informação que tem para transformá-la em argumentos. Não só fez um uso inútil de sua suposta erudição, já que ela em nada contribuiu para apontar qualquer inconsistência objetiva em minha argumentação, mas ainda forneceu uma boa munição contra você.

        Michel Foucault, por exemplo, é sem dúvida um autor de obras de referência, um intelectual reconhecido. Mas isto não o impediu de apoiar a revolução iraniana do Aiatolá Khomeini, uma revolução totalitária, teocrática e que o teria enforcado em praça pública por ser homossexual. Foi um erro grosseiro. É verdade que tal erro não desmerece sua obra, mas o inverso também é verdadeiro: sua obra não tem o poder de transformar em acerto o erro de avaliação que cometeu.

        A grande diferença entre Foucault e os intelectuais brasileiros que andam tecendo esta “narrativa do golpe”, além da qualidade da produção intelectual, é que ninguém pode acusar o filósofo francês de mentir, de fraudar os fatos para justificar sua opinião, como resta evidente ser o caso aqui.

        Você pode continuar esperneando, mas a realidade, os fatos, o processo do impeachment continuarão existindo.

        Quanto à sua tentativa de ironia por eu acreditar que exista uma “pseudo democracia burguesa”, deixo aqui uma sugestão de artigo que descreve perfeitamente o seu caso:
        “DEMOCRACIA SOCIALISTA” É O SACI PERERÊ DA CIÊNCIA POLÍTICA: NÃO PASSA DE FOLCLORE.
        http://wp.me/p4alqY-3n

      • Bruno De Brito Pierot
        06/04/2016

        Desculpas pela demora , é que estava estudando políticas públicas do ramo científico conhece? É que tenho que fazer pelo menos um mestrado pra começar a fazer artigos, e vai demorar rsrs , é impossível potencializar minhas virtudes académicas sem estudar, pego a ideia de virtudes do meu amigo Aristóteles, não nasci com o dom na produção de artigos autonomistas”, a lá chico chavier kkk como você.
        começo com a seguinte pergunta, qual sua área científica de estudo? Seu currículo? Já que não mostrou as referências , seu texto não tem bases científicas, até que me prove o contrário?
        Sr você tem toda a vantagem de eu está dadando-lhe atenção em sua própria pagina ,para explicar dá onde saí tantos sofisma?, você tem seguidores que acreditam nas inverdades dos textos que você pública , esse debate é informal assim como o nível das ,pseudo verdades que você aponta, queria vê você com esses artigos apresentando em uma bancada académica, no sèrio mesmo , vexame você passaria de verdade, cara se você fosse uma pessoa de gabarito realmente eu estava era elogiando suas “teses” , esses ensaios sobre o senso comun que você está fazendo é a prova que o seu achismo , é maior que a minha arrogância de querer mostrar gabarito, confesso isso é não é humilde de minha parte , como o cara da Dialética errou também , mil desculpas, mais oque eu não entendo é como uma pessoa levanta concepções próprias sem ligação alguma com a epistemologia científica?
        Olha meu posicionamento científico é bem critico com o sistema virgente mais isso necessariamente não me enquadra em socialismo, existem pensadores liberais que gosto muito e me identifico,Algunst Cont o pai da sociologia por exemplo, Marx weber li um livro fantástico dele “A ética protestante eo espírito capitalista” o próprio pai do liberalismo Adam Smith “A riqueza das nações ” o estado mínimo, as mãos invisíveis da iniciativa privada ,a liberdade e a proteção as propriedades e bens individuais, As ideias liberais da Independência da América, revoluções Inglesas, a Francesa com a igualdade, fraternidade,liberdade, gosto muito do keynesianismo, pôs crise de 29 , as entranhas no neo liberalismo, na verdade uma eventual nascimento da”social democracia ” mais quem não estudou na academia insistem em dizem que esse termo è de esquerda, triste querem saber mais que professores da área , no entanto as teorias de esquerda contribuem muito para a Dialética, criada por Zenão de Eleia na Grécia antiga ,retomada por Hagel , na fenomenologia do espírito e adaptadas ao materialismo histórico em marx, ” a tese surge nas revoluções burguesas, a anti tese na teoria marxista e a síntese é justamente esses debates ideológicos que vemos nos dias de hoje “, Zenão acreditava que a dialética fucionava em forma de debate entre duas teses opostas para se chegar a novas conclusões, Hagel em suas teoria metafísica, teria a ideia do desenvolvimento do espírito humano por meio do conhecimento a dialética era a superação do espírito do passado, sobre o do presente, Marx acreditava no embate entre classes dominantes e subjugadas, a famosa luta de classes, onde a infraestruturas determinavam a super estrutura, onde esse era o motor da história desde o comunismo primitivo no paleolítico aproveita que a aula é de graça kkk, todos esses teóricos tanto de direita quanto esquerda ,centro, tem papel fundamental na epistemologia da humanidade, mais lembrando que todos são do ramo científico, kkk fora do meio académico tem gente que não compreendem a importância da Dialética para humanidade, mais lembre-se de pesquisar a origem dos termos direita e esquerda, lá na revoluções burguesas inglesa e francesas, um dia a linda burguesia foi de esquerda , ok.
        Discutir um pouco das conjecturas políticas atuais, você Insistir , lets go, como eu já disse o procedimento de impeachment è legal está na Constituição de 1988 da “nova República “, meu professor Dr. como já disse da UFF confirma, entretanto como citei , a entrevista de Cunha , não para provar que” Dilmãe ” é Inocente, mais para autenticar que o objetivo do circo que foi tanto no congresso nacional, como câmara, não foi por pedaladas, crime de responsabilidade, muito menos por protestos, manipulados por globo e MBL, (obs: protesto só serve de desculpas para arracar o poder presidencial, e maqueia os reais motivos, e acordos políticos), a Dilma é pessima administradora, obstante estava impossível de dirigir um país com uma oposição que cruzou os braços para o estado nacional quebra, e ter a descupinha pra tomar o poder, você sabe que existem 3 poderes, teorias de Aristóteles, hobbes, montesquieu, aqui é uma República Federativa, Dilma é do executivo, mais não governa sozinha ,existem todo um sistema e caciques que assinam ou não os papeis, e decidem se o pais anda ou não, os principais motivos ao meu ver para o impeachment, Aécio movimentando-se junto com PSDB para tomar o poder , queimar a imagem de Lula para não poder concorre em 2018, Revanchismo de se junto com PSDB para tomar o poder , queimar a imagem de Lula para não poder concorre em 2018, Revanchismo de cunha por ter se tornado réu , PMDB com maior bancada querendo o poder, Muita liberdade para operações da polícia federal, furnas, lava jato etc.., executivo apodrecido com muito medo de perecer, Judiciário com interesse de aumento nos salarios, venda de ministérios para quem votar sim, sabe onde ficou a vontade do povo, a famosa “Democracia” , com a famosa “Democracia burguesa ” concordo com você nessa parte os empresários dos monopólios mandam, e adoram a palavrinha “privatização” .
        Esse governo” progressista ” não no sentido “contiano”, mais no sentido atual,
        o PT nunca teve cara de esquerda depois de assumir o poder, não tem como governar nesse pais sem pedir bença pra caciques , a Dilma não pediu tomou fumo, Maquiavel não me deixa mentir, “O príncipe “é uma obra prima, que acho que Dilma não leu, você que pensa que o país melhorou com Temer? ou vai melhorar com outro tucano? ” se engana quem pensa que um governo corrupto é análogo a uma população honesta “. Pra mudar o governo o povo tem que mudar, e só a educação pode nós salvar, mais enquanto tivermos os professores mal pagos e escolas sem estrutura ou programas de educação reduçaçao da família, e muitas aula de Ética, não vamos desenvolver como nação.
        Relativizar leis ?você sabe que o direito não é uma ciência exata, e em tese é para garantir os deveres e “direitos “dos cidadão , e mater a ordem no Estado moderno, entretanto são feitas várias emendas que beneficiam apenas quem está no poder, e o povo o nada, fica a mercer do contrato social, em uma linguagem mais de jonh locke e Rousseau, os criadores da teorias do estado moderno, o Direito é do povo e se as “leis” não estão sendo respeitadas ou editadas, como podemos não problematizar o estado e as leis, você sabe que sem lutas e “relativização” ou contestação dos direitos democráticos que devem está intrínseco a constituição, o povo fica a mercer do legislativo e de sua bem vontade de modificações para se auto beneficiar, de que séria o mundo sem os contestadores, de certeza uma eterna ditadura, ou você acha que o Brasil sempre fou república? As constituições dos antigos regimes, colonial, império, foram melhorados por ideais que contestaram, acontece que quem chega no poder, tem sua natureza muitas vezes denegrição.
        Ler, transformar, informações em conhecimento é pra quem gosta da mãe de todas as ciências, Filosofia, conhece a epistemologia desde os pré socráticos , passando por, Sócrates, Platão, Aristóteles, Virgílio, os estoicos, agostinho de iphona , thomas de aquino, patristica e escolástica, filosofia moderna com, descartes, baruch spinoza, leibniz, pascal, francis bacon, jonh stuart mill, os iluministas como já citei, Diderot e cia. Contemporânea com Schopenhauer, Nietzsche, kant ,ricoer, bordieu, deleuze, bergson, Louis Althusser ,levi- Strauss entre tantos outros.
        Michael Foucault não tem culpa de idiotas terem utilizado de seu nome para justificar sandices, sem falar que nem posso julgar a cultural’ iraniana com valores ocidentais, estude um pouco de Antropologia com Roque Laraia e vai entender oque estou falando ,livro” O que é Cultura : em um conceito antropológico.
        Marx também é muito mal interpretado, e foi usado por regimes que nada tem haver com o comunismo da sua obra, destorcido e utópico, o erro de Marx foi negligenciar a ganância pelo poder dos homens, lenin era uma pessoa stalin outra totalmente diferente por exemplo na Rússia, existem muitas citações citadas por uma “direita analfabeta funcional ” que recortam e tiram do contexto a ideia do socialismo teórico, muito cuidado, com essas acusações estude mais um pouco, e tente outra vez, mentir sobre Foucault, uma mentira ridícula, lembre-se Einstein construiu a teória da relatividade e da bomba atómica, mais não sábia que idiotas iriam usar para o mal .
        Quiser umas aulas me liga , bjs kkkkk

      • Questões Relevantes
        06/04/2016

        Bruno, você é tão fraco e confuso que dá preguiça lhe dar atenção, mas vamos lá.

        Todo seu palavreado e toda sua erudição recheada de erros tentam apenas mascarar que, desde sua crítica inicial, não conseguiu apontar um único erro objetivo no artigo, uma informação falsa, um conceito utilizado erradamente. Seu limite são as críticas genéricas e as citações inúteis (inúteis porque fora de contexto, que fique claro, ó ser confuso).

        Pegue seu dicionário e procure o significado da palavra GOLPE. Vá na variante GOLPE POLÍTICO. Observe que esta palavra não pode ser utilizada sem má-fé para chamar de GOLPE um processo que tem, pela ordem: fato passível de denúncia, pedido fundamentado de impeachment, observância dos ritos regimentais na câmara e no senado, além de reconhecimento do STF de que tudo transcorreu de acordo com a constituição.

        Muito bem. Imagino que os professores que se uniram em volta da “narrativa do golpe”, como também notou o senador Cristovam Buarque, saibam de tudo que eu relembrei acima. Logo estão participando voluntariamente de uma fraude, de uma distorção da realidade objetiva.

        Há também a hipótese de que não sabiam de tudo isso, mas neste caso não merecem o cargo que ocupam.

        Quanto ao seu “relativismo” para justificar as escolhas de Michel Foucault, por exemplo, trata-se da mais pura bobagem e um vício que leva a esquerda a cometer muitos erros: o alinhamento automático contra os interesses dos EUA. Costuma ser fatal para o bom-senso.

        Se quiser entender melhor seus erros e os conceitos que tenta manipular, este modesto blog pode lhe ser útil.

        Além dos que já citei acima, seguem alguns artigos que recomendo. O primeiro é bem didático e cheio de citações e referências, como você gosta:

        ESQUERDA x DIREITA: A TEORIA DAS GAVETAS OU COMO NÃO CHAMAR URUBU DE “MEU LÔRO”.
        http://goo.gl/jJ5uFC

        A ESQUERDA E OS CAMINHOS QUE SE BIFURCAM.
        http://goo.gl/bQL5kY

        OS PERIGOS DA REFLEXÃO MIXURUCA.
        http://goo.gl/NgM5vZ

        QUANDO A PATRULHA IDEOLÓGICA COMPROMETE A LÓGICA.
        http://goo.gl/Emqi6b

        LIBERDADE, DEMOCRACIA E MARXISMO: ESTRANHO FETICHE.
        http://goo.gl/LcEZLz

        O PARAÍSO DE MARX E DO PROFETA ISAÍAS.
        http://wp.me/p4alqY-lw

      • Bruno De Brito Pierot
        06/05/2016

        Qual o ramo da sua ciência? Quem é você? Qual a relevância dos seus “pseudo antigos ” isso nunca que foi um artigo científico, tem que pagar uma matéria chamada metodologia científica, já paguei, cara só você e analfabetos funcionais acreditam nesses textos, já perdi muito tempo lendo 2, na boa eu ri muito kkkkkk

      • Questões Relevantes
        06/05/2016

        A coisa que você faz melhor é rir, tipo kkkkk.

      • Bruno De Brito Pierot
        06/05/2016

        Eu não vou mais discutir com você, mais te digo uma coisa no sério, “todo discurso é ideológico tanto o seu ,quanto o meu, você só defende oque acredita ” a diferença é o próprio indivíduo que faz , mais antes tem que estudar e aprender um pouco com os mestres ,e antes de criar tem que ter domínio do legado dos teóricos passados , ou fazer como Nietzsche vá na fonte no princípio, as vezes é um erro pegar um pensamento já formado sem verificar a coerência, esse maniqueísmo e rótulos de esquerda direita é apenas didático, quem estuda isso nem tem dificuldades de perceber, não precisa inventar onda de gavetas, é só estudar filosofia clássica e teorias do discurso , identificará a ideologia da pessoa até no modo de falar e escrever, não tem como fugir do academicismo, os únicos que fogem são os próprios que saem de lá, pois já apreenderam a pensar fora da caixa,não sou cego sei que o meio académico tem suas falhas, mais é onde está o conhecimento acumulado da humanidade, você não pode lutar contra isso sozinho, não tem como fazer críticas se ninguém te reconhece no campo, ou nunca foi associado a ele “se quer discutir política, cultura, civilização, tenha respeito aos currículos académicos, e deixe para os profissionais ou se torne um, você deve ser um cara inteligente, tem potencial mais está indo pro lado errado , agora eu insisto quem é você, e qual seu campo do conhecimento?

      • Questões Relevantes
        06/05/2016

        Bruno, respeito tanto o conhecimento que me irrito quando vejo professores desrespeitando as cátedras deliberadamente. Este é o ponto central, desde o início, e você ainda não entendeu. De qualquer maneira, este blog cita livros e autores quando julga necessário e não o faz quando seria mero pedantismo. Minha formação inicial é em comunicação, fiz um curso de análise estrutural da narrativa já em nível de doutorado e sou autodidata em teoria política e sociologia. Pelos debates disponíveis no blog, com renomados professores da UNICAMP e da UEL, além de outros menos estrelados, fica claro que tenho feito um bom proveito de meus esforços.

      • Kao Martins
        06/05/2016

        Esse Bruno Pierrô anda precisando de uma colombina. Caceta! O cara é um poço de citações. Não consegue enunciar uma frase sem se escorar em algum autor. Isso não é referência; é dependência. O cara diz que não nasceu com o “dom na produção de discursos autonomistas”. Acho que isso na passa de confissão inadvertida de que não aprendeu a pensar. Ah! E ele gosta tanto de uma “epistemologia” que vai acabar engasgado com ela.

      • Humberto Dill
        08/21/2016

        O rapaz é esforçado…Mas será que realmente não aprendeu a pensar?Penso que o quadro é de pura desonestidade intelectual..Em estágio fetal.De que vale tanta leitura e tanto conhecimento se os utiliza precariamente e para, ao fim, defender o indefensável?E quanto pedantismo,elitismo e soberba em uma só pessoa…Pensa infantilmente que despejar citações, risinhos e ironias lhe dá a “vitória” no debate.Fala em sofismas mas tem a desfaçatez de defender um governo corrupto, como nenhum outro, usando de meias verdades e distorções típicas de um pseudo-intelectual Gramcista. Parte para o ataque “ad hominen” sem o menor pudor e se ilude com uma “vitória” intelectual na base do “textão”, do tijolaço como meio para impressionar a pláteia. Pláteia ínfima em quantidade.Plateia que ele visceralmente despreza, visto ter a pretensão de ser a ‘última bolachinha do pacote” academicista…todos os demais brasileiros serão sempre analfabetos funcionais para ele..Parece neste caso, um caso perdido de pura pretensão intelectual elitista..Mais um que banca de “isentão”, mais um que refuta e esperneia, mas é um soldado do Marxismo Cultural…Não tudo bem, um sargento! Suponho, na minha modesta interpretação dos “textões” postados, que Lukaks, Adorno e aquele outro da escola de Frankfurt ( não sou obrigado a lembrar…)devem ser seus verdadeiros ídolos…Por fim, e enfim…Desonestidade intelectual escancarada em vários momentos Todos os que estavam, todos os milhões que estavam nas ruas não importam para ele.Meros peões nas mãos dos poderosos, inescrupulosos e diabólicos mega-capitalistas…. Gênese de desonestidade intelectual . E não uma mera cegueira como poderia ser a desculpa para tantos despautérios. Frases pinçadas, já matam a charada: “Entenda uma coisa não foi as machas do dia 13 que derrubou Dilma, foi os interesses políticos e empresariais a satisfação de uma classe rica legitimada por uma classe média que tem ódio , por que sonha com os troféus das elites…..”muito menos por protestos, manipulados por globo e MBL”.GLOBO??????O rapaz é esforçado… mas realmente um moço que tem que crescer e virar um adulto para não cair no erro de menosprezar o conhecimento e experiência alheios.. Tá longe ainda de ser um Karnal. Acabo fazendo o bem com estes lembretes e conselhos Tudo para que ele não seja mais tão facilmente desmascarado como um desonesto intelectual.Nesta categoria, no momento, ainda é pueril na postura e absurdamente antipático por mostrar-se explicitamente egocêntrico .Bruno, cresça, amadureça e use teu conhecimento para o bem…Atenção ao português … e saia da seita!

  9. Francisco Couto
    06/02/2016

    Basicamente uma perspectiva reaça-cínica que lamenta que não sejam demitidos Profs de Univs Públicas que repudiaram a ruptura institucional/golpe.

    “Fundamentação” jurídica de processo de impedimento sem delimitação da denúncia e sem materialidade delitiva é…. fraude/farsa/golpe.

    • Questões Relevantes
      06/02/2016

      Francisco, o STF discorda de você, mas certamente aquele pessoal majoritariamente indicado pelo PT (8 de 11) faz parte do Golpe. O FEBEAPA agradece sua contribuição.

      • Francisco Couto
        06/03/2016

        O STF não se pronunciou sobre juridicidade material do processo de impeachment.

      • Arthur Aquino
        06/03/2016

        Na verdade eles votaram positivamente com a aceitação do processo, se entendo corretamente (nosso amigo jurista Francisco Couto pode me corrigir sendo o caso) e não necessariamente com a sentença; cujo julgamento será realizado no Senado.

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Exatamente, Arthur Aquino. O julgamento será no Senado e é político, como no caso Collor. Todos os ritos estão sendo seguidos. Não há o que se contestar.

      • Francisco Couto
        06/03/2016

        A premissa do rito é uma farsa. Td que segue uma mentira continua sendo mentira.

        E, daí; nulo de pleno direito.

      • Arthur Aquino
        06/03/2016

        O que eu quis enfatizar na verdade é que o STF autorizou a admissibilidade do processo, e não se a presidente é realmente culpada. O Supremo ainda pode apreciar novamente, depois do julgamento no Senado.
        No impeachment do Collor, por exemplo, o presidente renunciou antes da votação no Senado – onde perdeu na votação simbólica.

        Mas o STF julgou o réu inocente, inclusive para espanto geral.

      • Francisco Couto
        06/03/2016

        Por falta de provas, salvo engano. Muito tempo transcorreu…. não juntaram direito ao processo provas…

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Francisco, foi assim que nasceu a narrativa do golpe, negando e adjetivando a realidade objetiva. Uma análise isenta deveria ao menos admitir que temos opiniões respeitáveis dizendo que há e que não há razões para o impeachment de Dilma. A narrativa do GOLPE é uma construção de quem prefere ignorar os fatos que não lhe sejam favoráveis.

      • Francisco Couto
        06/03/2016

        Pra começo de conversa: qual a delimitação da denúncia feita por Cunha? Vc sabe quais imputações – em específico- fizeram parte do “fundamento” jurídico? Ou tá confiando cegamente na Veja?

        Tal como a seleção natural de Darwin esta farsa golpista não é opinião: é fato.

      • Questões Relevantes
        06/03/2016

        Francisco, caso você não tenha lido ainda (única explicação razoável para sua postura), segue o link para a o pedido de impeachment aceito pela câmara e avaliado no senado. Se tiver preguiça de ler tudo, concentre-se nas páginas 15 a 30: http://www.zerohora.com.br/pdf/17802008.pdf

  10. Joca Leite
    06/02/2016

    Perfeito.

    • Questões Relevantes
      06/02/2016

      Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: