questões relevantes

espaço para debate de ideias sobre a cultura e a civilização

ANTICAPITALISMO SELVAGEM

42147419

O CAPITALISMO é o sistema de organização econômica mais vilipendiado, difamado, criticado e caluniado que existe. Todos adoram detestar o livre mercado – de operários a intelectuais, de artistas a sacerdotes, de políticos a empresários. Mas o mais intrigante nessa história toda é que o capitalismo… funciona.

Teorias socialistas e intervencionistas de toda sorte pretendem criar uma narrativa coerente para os males que acometem a civilização, e lidam com símbolos bastante convincentes: “Existem muitos pobres porque alguns são ricos”. “Existem patrões porque tantos outros não passam de empregados”. “Existem criadores porque muitos fazem o serviço braçal e mecânico”.

Nada mais verdadeiro e, paradoxalmente, nada mais falso. A economia não é conta de soma zero. O sistema de livre mercado – de trocas e cooperações voluntárias – é, tão somente, o exercício da liberdade de escolha, de empreendimento, de inventividade e diligência a serviço da sociedade humana. O capitalismo produziu muito mais riqueza e prosperidade do que todos os outros regimes que o antecederam, e essa riqueza teve como efeito uma margem ainda maior de liberdade e meios de ação para os mais pobres que, sabemos, inexistem nos países que adotaram as doutrinas marxistas.

E o que mais me impressiona neste ensaio fundamental de Ludwig von Mises, A Mentalidade Anticapitalista (Vide Editorial), talvez seja sua data de publicação: 1956. Se eu lesse este livro e desconhecesse o autor, e se me contassem que houvera sido publicado anteontem, eu nem desconfiaria. Os assuntos de que trata são atualíssimos. Bem como atualíssima é a clarividência com que o faz.

PS: Ainda não li o livro em questão, mas gostei particularmente da resenha de Gustavo Nogy.

Segue link para a postagem original: http://www.gustavonogy.com/2014/03/1026/

 

Outros artigos recomendados:

Este primeiro analisa o verbete DEMOCRACIA do  “Dicionário de Política” de Norberto Bobbio, Nicola Matteucci e Gianfranco Pasquino

https://questoesrelevantes.wordpress.com/2014/03/12/quando-a-patrulha-ideologica-compromete-a-logica/

O segundo faz um apanhado geral das principais divisões politico-ideológicas:

https://questoesrelevantes.wordpress.com/2013/12/12/esquerda-x-direita-a-teoria-das-gavetas-ou-como-nao-chamar-urubu-de-meu-loro/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: